domingo , agosto 9 2020
Início / Conhecendo o Adversário / Conhecendo o adversário: o elenco mais caro da história do Nordeste

Conhecendo o adversário: o elenco mais caro da história do Nordeste

O próximo adversário do Ceará em 2020 será o Bahia e a partida será um marco para o novo ciclo em que o clube vive.

Com diversas mudanças dentro e fora de campo, o Vovô estreará a nova plataforma de sócios torcedores no clássico nordestino pela Copa do Nordeste. Com quase 18 mil adimplentes, o programa caminha a passos largos para bater a meta de 32 mil antes do prazo estipulado.

Para que os números continuem crescendo, a bola tem que entrar para que a empolgação da torcida se torne rentável para o clube. Nada melhor para que a chave vire de forma positiva num jogo grande.

No sábado, 15, às 16 horas, o Ceará recebe o Bahia, na Arena Castelão, visando a primeira vitória na ‘Lampions League’.

O Vovô irá encarar o maior orçamento da história do Nordeste. Estima-se que o Tricolor terá um orçamento com cerca de R$ 180 milhões.

Com o alto valor em caixa e ótimas perspectivas esportivas para a temporada, a diretoria segurou Diego Cerri, que já passou pelo Ceará, para ter um time mais forte. Assim, a equipe contratou Juninho Capixaba, Zeca, Clayson, Jadson, Daniel e Rossi. Esse último foi uma disputa ferrenha com Ceará para contar com o jogador.

Dinheiro não entra em campo

Apesar do algo valor investido e nas contratações de peso no mercado, o início de temporada do Bahia é preocupante. Uma das metas esportivas estipuladas pela diretoria no orçamento era passar por pelo menos três fases na Copa do Brasil, mas os baianos foram eliminados pelo River-PI ainda na primeira etapa do certame nacional.

Depois da eliminação precoce na Copa do Brasil e da derrota no Ba-Vi, muito pressionado no cargo, o técnico Roger Machado abriu mão do esquema 4-3-3 em prol do 4-4-2, tornando a equipe mais ofensiva.

Com um quarteto ofensivo formado por Élber, Clayson, Rossi e Gilberto, o Bahia venceu o Nacional, do Paraguai, pela Copa Sul-Americana no meio de semana e vem mais tranquilo para o duelo contra o Vovô.

Com a má fase do goleiro Douglas Friedrich, o posto de titular foi dado a Anderson no jogo da última quarta-feira, contra o Nacional-PAR. O técnico Roger Machado garantiu a permanência do arqueiro diante do Ceará.

O clube, que não costuma divulgar lista de relacionados, informou que o atacante Fernandão foi liberado para acompanhar o nascimento do filho. Em seu lugar, Saldanha, da base baiana, integra o grupo que viajou.

A provável escalação do Bahia: Anderson, João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore e Flávio; Rossi, Élber, Clayson e Gilberto.

Veja isso

Confira o histórico de confrontos entre Ceará e Fortaleza na Copa do Nordeste

O Ceará enfrenta o Fortaleza nesta terça-feira, (28), pela semifinal da Copa do Nordeste 2020. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *