domingo , agosto 9 2020
Início / Conhecendo o Adversário / Conhecendo o adversário: Bragantino-PA

Conhecendo o adversário: Bragantino-PA

A primeira grande decisão da temporada para o Ceará será contra o Bragantino-PA. O Vovô vai até Bragança, no Pará, para encarar a estreia na Copa do Brasil. O duelo acontece às 15h30, no Estádio Diogão.

Caso avance de fase, o Vovô pode abocanhar mais de R$ 1 milhão juntando o bônus de participação e passagem para a segunda etapa.

Classificando para a segunda fase da competição, o Ceará encara o vencedor do confronto Bangu/RJ e Oeste/SP. E, chegando à terceira fase, o Vozão terá pela frente Imperatriz/MA, Vitória, Lagarto/ SE ou Volta Redonda/RJ, que também estão na chave 7. 

Conhecendo o adversário

O Bragantino Clube do Pará foi fundado no dia 06 de março de 1975, como Uberlândia, ainda no amador. Quando se profissionalizou, em 29 de janeiro de 1993, a equipe adotou o atual nome em referência à cidade.

Em franca evolução nos últimos anos, o Tubarão de Caeté vem de boas temporadas. Em 2018 e 2019, a equipe do interior terminou o Campeonato Paranaense na terceira colocação. No ano passado disputou a Copa do Brasil e fez bonito. Passou por ASA-AL e Aparecidense-GO até cair para o Vila Nova-GO.

Na Série D, a equipe chegou até as Oitavas de Final quando enfrentou dois cearenses, Atlético e Floresta. Eliminou a Águia da Precabura, mas caiu para o Verdão da Vila Manoel Sátiro após uma derrota por 3 a 1.

Em 2020, no estadual, o Tubarão só perdeu uma partida. Em quatro jogos, venceu Águia de Marabá e Tapajós, empatou com Carajás e foi superado pelo Paysandu.

“Mister” do Pará

O Bragantino é comandado por Robson Melo, jovem treinador que era preparador físico, que assumiu o clube na Série D do ano passado.

Após um estágio em Portugal, o técnico resolveu inovar para motivar os atletas já que incentivo financeiro não é tão fácil de arrumar.

Em entrevista para o Globo Esporte, Róbson falou sobre o que implanta no elenco ao premiar o melhor jogador de cada jogo.

A ideia vinha desde a Série D de 2019, quando assumi a equipe, em maio. Esse ano coloquei em prática, além dos prêmios, um troféu a cada jogo. Surgiu a ideia quando vi os troféus do Welthon [Paços de Ferreira] e do Sandro Lima [Gil Vicente] lá em Portugal. Os atletas receberam muito bem [a iniciativa], afinal, eles que são os premiados e eles são os que votam. Abraçaram a ideia e interagem mais – revelou Melo.

Em entrevista antes do jogo contra o Ceará, o técnico comentou sobre ser o grande jogo da história da cidade.

“Eu espero um jogo muito disputado, sei da qualidade e da força do Ceará, mas dentro de casa a gente tem as nossas armas a gente sabe do nosso poderio aqui. Eu venho de uma invencibilidade do Diogão desde quando eu assumi. O nosso time é muito forte jogando aqui dentro tem se fortalecido com a ideia de jogo colocada e agora é se preparar da melhor maneira possível, mentalmente, ajustar algumas coisas que falta ajustar na equipe. Concentrar para um combate muito difícil que será na quarta-feira contra o Ceará”, disse

Veja isso

Confira o histórico de confrontos entre Ceará e Fortaleza na Copa do Nordeste

O Ceará enfrenta o Fortaleza nesta terça-feira, (28), pela semifinal da Copa do Nordeste 2020. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *