sexta-feira , dezembro 6 2019
Início / Série B / Conhecendo o Adversário / Conhecendo o adversário #01: Internacional

Conhecendo o adversário #01: Internacional

Com olho na Copa Libertadores, o Internacional recebe o Ceará neste sábado, 27, no Beira-Rio, buscando vencer e encostar no pelotão da frente no Campeonato Brasileiro. Sem vencer há dois jogos na competição nacional, mas sem perder de vista o torneio sulamericano, o técnico Odair Hoffman deve encarar o Vozão com um time recheado de reservas. O comandante colorado não confirmou, mas deve descansar sua equipe principal, que venceu o Nacional-URU, na última quarta-feira (24), para focar no jogo da volta.

O Colorado não vence no Brasileirão há dois jogos. O último triunfo do time gaúcho foi na 9ª rodada, diante do Bahia. Jogando em casa, o Inter bateu os baianos por 3 a 1. Após essa vitória a equipe perdeu para o Athletico/PR, na 10ª rodada e empatou o clássico gaúcho contra o Grêmio na 11ª rodada. Ocupando a sétima posição com 17 pontos, o time precisa da vitória para não deixar os primeiros colocados avançarem na tabela.

Hellmann realciona 22 atletas para o jogo

O técnico colorado Odair Hellmann terá à sua disposição 22 jogadores para enfrentar o Ceará neste sábado. Os únicos atletas que foram titulares na vitória sobre o Nacional-URU que estão junto com a delegação que disputa o Brasileirão são Marcelo Lomba e Victor Cuesta. Além deles, Zeca também estava entre os iniciais antes da disputa da Copa América. Retornando de lesão muscular, o atleta também deve começar jogando.

Entre os relacionados, muitos garotos. Destaques para nomes como os volantes Zé Gabriel e Johnny e os meias José Aldo e Netto. O provável Inter tem: Marcelo Lomba; Zeca, Klaus, Victor Cuesta e Natanael; Rithely, Nonato, Guilherme Parede, Sarrafiore e Wellington Silva; Tréllez.

Confira os 22 relacionados do Inter para enfrentar o Ceará:

Goleiros: Marcelo Lomba e Danilo Fernandes.
Zagueiros: Victor Cuesta, Klaus e Bruno Fuchs.
Laterais: Zeca, Heitor, Erik, Natanael e Dudu.
Volantes: Rithely, Nonato, Jhonny, Lucas Ramos e Zé Gabriel.
Meias: Zé Aldo e Sarrafiore.
Atacantes: Guilherme Parede, Pedro Lucas, Tréllez, Neilton e Wellington Silva.

Olho nele

Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Wellington Silva foi peça importante na vitória contra o Nacional-RU, pelo jogo da ida das oitavas-de-final da Copa Libertadores. O atacante entrou e foi autor do passe para Paolo Guerrero marcar o gol da vitória na partida.

Contratado pelo Internacional em 2018, Wellington Silva nunca conseguiu se firmar no clube. Ele disse que sempre teve confiança no seu potencial para dar a sua parcela de contribuição.

“Eu sabia que tinha potencial para ajudar. É claro que ninguém fica feliz por estar na reserva. Aqui todo mundo se respeita muito. Esperei o meu momento e sempre procurei apoiar os companheiros. É muito importante o grupo. Sempre que tiver oportunidade tentarei dar o meu melhor”, comentou o atacante.


Veja isso

Um mês de Adílson Batista no comando do Ceará

Analisamos o trabalho do técnico alvinegro após sua chegada em Porangabuçu Adílson Batista foi anunciado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *