sábado , fevereiro 23 2019
Início / Copa do Nordeste / Edinho: “eu vejo a mão de Deus aqui no Ceará”
(Foto: Bruno Aragão / Cearasc.com)

Edinho: “eu vejo a mão de Deus aqui no Ceará”

Na tarde da última segunda-feira, 28, o volante Edinho foi o escolhido pelo setor de comunicação do Ceará para conceder entrevista coletiva.

Diante das corriqueiras perguntas sobre o desempenho, pré-temporada, calendário apertado e objetivos no ano, o atleta foi questionado sobre a sua história no futebol.

Com passagens por Internacional, Fluminense, Grêmio, Palmeiras, Grêmio, Coritiba futebol italiano e francês, o jogador de 36 anos falou que o melhor clube em que atuou foi no CSA. Foi lá, que pela primeira vez jogou a Série B, mas que teve uma retomada na carreira.

Sem mercado, o volante analisava propostas pouco chamativas até que acertou com o clube alagoano. Titular e capitão, o Ceará viu no atleta a experiência que faltava no meio-campo para a saída da situação em que se encontrava. Lisca já conhecia desde a base do Internacional e deu o aval para a contratação.

No CSA, Edinho revelou que o elenco de jogadores criou o G.O.L (Gratidão, Oração e Louvor). Com o envolvimento cada vez maior dos jogadores, o volante teve a ideia de levar esses momentos de celebração para fora da concentração. Em um hotel da capital alagoana mais de 300 pessoas compareciam mensalmente.

Na sua chegada ao Ceará, o atleta encontrou um elenco com característica parecida. Apesar da situação na tabela, o time não perdia a fé que poderia reverter o problema. Com Lisca no comando, tirando leite de pedra e o grupo comprometido, o Vovô se livrou do rebaixamento.

Os grupos se assemelham bastante (Ceará e CSA). As pessoas não entendem como naquela reta final o Ceará deu aquela arrancada. É claro que teve o trabalho do Lisca. É um cara sensacional, extraordinário e que consegue tirar leite de pedra. É um cara muito inteligente. Mas, sem dúvidas eu vejo a mão de Deus aqui no Ceará.

A emocionante história do volante Edinho

Na temporada 2019, o volante alvinegro já fez duas partidas, ambas pela Copa do Nordeste, e deu uma assistência para Ricardinho marcar o terceiro gol, na goleada por 5 a 0 diante do Sampaio Corrêa, na estreia da competição.

Veja isso

Loucura além da conta: entenda a saída de Marcelo Rospide do Ceará

Na tarde da última sexta-feira (22), uma notícia divulgada pelo jornalista Pedro Ivo, do UOL, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *