segunda-feira , dezembro 17 2018
Início / Deztaques / Sérgio Alves, o carrasco alvinegro

Sérgio Alves, o carrasco alvinegro

Sérgio Alves de Lima, mais conhecido como “carrasco” chega aos 48 anos de idade e nós não poderíamos deixar de celebrar a vida do nosso eterno matador

Nascia no dia 23 de abril de 1970, em Recife-PE, um dos grandes jogadores que já vestiram o manto alvinegro, considerado por muitos torcedores como o maior ídolo da história do clube.

Sérgio Alves teve cinco passagens pelo Ceará, a primeira delas foi em 1992. Após ter feito boa campanha pelo Central de Caruaru, inclusive anotando quatro gols contra o alvinegro cearense, e sendo o destaque no time na campanha do campeonato pernambucano.

Sérgio, aos 22 anos, em sua primeira passagem pelo Vozão

Momentos marcantes com a camisa do Ceará

Um dos melhores momentos com a camisa do alvinegro, foi na conquista do vice-campeonato da Copa do Brasil em 1994. Naquela campanha, o Ceará já tinha eliminado o Palmeiras e o Internacional-RS, sendo parado apenas com o erro de Oscar Roberto de Godói na final diante do Grêmio-RS.

O ‘carrasco’ não foi marcado naquela época apenas por um vice-campeonato, ele foi peça importante na campanha que levou o Vozão a sua primeira competição internacional, a extinta Copa Conmebol.

O alvinegro enfrentou o Corinthians e acabou saindo da competição de forma invicta, pois empatou no Castelão de 1×1 e no Pacaembu por 2×2, levando assim a disputa da vaga para os pênaltis, onde o vovô acabou saindo derrotado por 7×6.

Em 2001, Sérgio marcou 51 gols na temporada e se sagrou artilheiro da Série B e do país naquela temporada. Ao lado de Iarley e Mota, formou um ataque bastante temido pelos adversários.

Mota, Iarley e Sérgio Alves, o trio ofensivo que arrebentou no Ceará em 2001

Na sua última passagem no alvinegro, o carrasco conseguiu o tão esperado acesso. Após 16 anos o Ceará estava de volta a primeira divisão. Sérgio Alves ainda marcava gols, mas já não era o mesmo, porém foi importante naquela conquista, ao marcar gols importantes contra Brasiliense e Bragantino.

No dia 19/06/2010 encerrou a carreira no Castelão contra a equipe do ABC-RN onde também havia feito bastante história.

Pelo Ceará Sérgio Alves conquistou 4 títulos cearenses: 1993, 1996, 1997 e 2002. É o terceiro maior artilheiro da história do Ceará com 141 gols e tendo um excelente número de gols contra o seu maior rival, em 25 jogos o carrasco marcou 23 gols.

Vida longa ao verdadeiro carrasco.

Veja isso

Heróis da permanência #06 – Luiz Otávio, a eficiência necessária

Sem ter vida fácil em nenhum jogo, o zagueiro mostrou a importância de ser eficiente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *