segunda-feira , dezembro 17 2018
Início / Principal / Marcelo Chamusca e Arthur são duas peças importantes do Ceará na Série A 2018

Marcelo Chamusca e Arthur são duas peças importantes do Ceará na Série A 2018

Neste sábado (14) – data que marca o aniversário de fundação do Santos -, às 21h, a árdua caminhada do Ceará na Série A do Campeonato Brasileiro 2018 terá início: o Vovô encara o Santos, em São Paulo, com expectativa de ótimo público no Estádio do Pacaembu.

Citados por muitos como candidato ao descenso, o Ceará conta com alguns fatores que podem contribuir para a quebra de paradigmas e resultar na permanência do clube na divisão do elite do futebol nacional.

Trabalho sólido

Dentre as equipes que disputarão a Série A, o Vovô é um dos clubes cujo trabalho do treinador tem sequência.

Marcelo Chamusca chegou ao Ceará em junho do ano passado e, em pouco menos de um ano à frente do alvinegro, conquistou o acesso à Série A e o recente título estadual, além de uma campanha honesta na Copa do Brasil e a classificação às quartas-de-final da Copa do Nordeste, com duas rodadas de antecedência.

Com o grupo nas mãos, um esquema de jogo bem definido e um trabalho incansável de estudo sobre os adversários, o comandante alvinegro acumula 34 vitórias, 13 empates e nove derrotas em 57 partidas à frente do Vovô.

Jóia alvinegra

Com uma situação de renovação em curso, o centroavante Arthur pode ser uma das gratas surpresas da equipe na competição.

Com apenas 19 anos de idade e oriundo das categorias de base, Arthur já marcou 16 vezes na temporada, sendo o principal goleador dentre os clubes da Série A e dividindo com Gustavo, do Fortaleza, a artilharia do país na temporada, até aqui.

O técnico Marcelo Chamusca falou das qualidades do jovem atacante alvinegro e do quanto ele ainda pode evoluir com a camisa alvinegra.

“O Arthur é um atacante com bom biótipo. Com mobilidade, é um 9 que se movimenta bem. Ambidestro, finaliza bem com a direita e esquerda. Tem tempo de bola bom, cabeceia bem. É um atleta jovem, porém com potencial muito grande ainda para crescer. Quando cheguei ano passado aqui, ele entrou em alguns jogos, já deu uma resposta interessante. Esse ano, maturou, ganhou um pouco mais de experiência e vem jogando muito bem, se encaixou bem na mecânica do time”, afirmou Chamusca.

Veja isso

Heróis da permanência #06 – Luiz Otávio, a eficiência necessária

Sem ter vida fácil em nenhum jogo, o zagueiro mostrou a importância de ser eficiente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *