terça-feira , Maio 22 2018
Início / Ídolos / João Marcos iniciará trabalho na base do Ceará
João Marcos iniciará trabalho na categoria de base do Ceará
João Marcos iniciará trabalho na categoria de base do Ceará

João Marcos iniciará trabalho na base do Ceará

Ceará dará total apoio ao ex-volante na capacitação para transição de atleta para outra função no futebol

Em entrevista concedida nesta segunda-feira (18), no programa “A grande jogada”, da TV Diário, o presidente do Ceará, Robinson de Castro falou sobre diversos assuntos – renovações, formação de elenco e planejamento para o ano de 2018. 

Dentre as questões abordadas pelo dirigente, a situação do volante João Marcos – que completou oito temporadas no clube em maio deste ano –, foi comentada e, segundo Robinson, o jogador aceitou a proposta do clube para encerrar sua participação como atleta e seguir como funcionário na categoria de base do Vovô, estando presente já na Copa SP de Futebol Junior. 

Segundo o mandatário, o clube dará todo suporte a João Marcos nos cursos que forem necessários para a transição de atleta para outra função – não revelada, até o momento – no futebol

“Vamos dar um ano de capacitação como profissional do futebol a ele e ao final ele mostrará ao clube se será um profissional nosso ou do mercado”, pontuou Robinson de Castro.  

A vontade era recíproca 

João de Ferro, como ficou conhecido, chegou em 2009 e se tornou ídolo do clube
João Marcos chegou ao clube em 2009

Não era difícil saber que havia uma vontade recíproca de permanência do volante em Porangabuçu após o término da carreira como jogador de futebol profissional. Em maio deste ano, em entrevista exclusiva ao Portal Alvinegro, João Marcos admitiu desejo de permanecer no clube:

“Claro que permanecer no Ceará (após encerrar a carreira) seria uma opção.Como eu disse, sou muito feliz aqui no Ceará. Lógico que tenho sonho de continuar trabalhando aqui no clube, mas não estou pensando nisso agora. Penso somente em voltar bem, voltar num nível de competitividade bom para que essas coisas lá na frente eu venha a resolver.”

 

Foram quase nove temporadas, mais de 350 jogos com a camisa do clube, títulos e vitórias memoráveis que deram ao jogador, natural de Marília-SP, o status merecido de ídolo do clube.

Confira matéria completa clicando aqui!

 

Veja isso

Clubes definem proposta para nova Copa do Nordeste em 2019

Regulamento da edição 2019 prevê dois grupos de oito e times do G7 querem formato …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *