segunda-feira , Janeiro 22 2018
Início / Copa do Nordeste / Marcelo Chamusca no Ceará: é preciso dar continuidade ao trabalho

Marcelo Chamusca no Ceará: é preciso dar continuidade ao trabalho

Mais difícil do que iniciar um bom trabalho, é da continuidade a ele. Por isso, manter a comissão técnica com Chamusca é fundamental.

Como todo início de trabalho, Marcelo Chamusca sob muita desconfiança do torcedor, ainda mais porque havia defendido o Fortaleza em anos anteriores e, após bons inícios de temporada, perdido o acesso no momento crucial. E não era isso que o alvinegro queria que acontecesse mais uma vez.

Com a conquista do acesso e a união da equipe até o último jogo, o técnico mostrou que as falhas antes cometidas no rival, foram solucionadas. E mais do que isso, deixou o recado de que pode ir além em 2018.

Chamusca renovou seu contrato com o Mais Querido. (Foto: Israel Simonton / CearaSC)

CONTINUIDADE

Com o acesso, todos os jogadores se valorizaram, o técnico também. Diante disso, uma série de condições precisam ser analisadas para que o desfecho entre as partes seja positivo e a comissão técnica permaneça.

A renovação com Chamusca vai muito além de manter o trabalho, será um passo importante para conquistar os primeiros objetivos do ano: o Campeonato Cearense e a Copa do Nordeste.

“Agora, nós temos novos desafios. Estou feliz em ter permanecido nesse clube que abriu as portas e me deu a oportunidade de realizar um trabalho ímpar, que vai ficar marcado na minha carreira profissional e pessoal. Já começamos a pensar e planejar 2018, que vai ser um ano bem desafiador. Mas eu tenho certeza que, junto com o nosso torcedor, temos todas as condições de conquistar títulos e fazer grandes campanhas em todas as competições que disputarmos”, falou o treinador em entrevista concedida ao site do clube.

Retrospecto

Em 2017, o treinador comandou o alvinegro em 29 rodadas da Série B. A estréia foi na vitória por 3 a 0 diante do Oeste, no PV. Ao todo foram 16 vitórias, 7 empates e 6 derrotas, o que deixou o comandante com um aproveitamento de 66,7 %. Com Chamusca, o time marcou 42 gols e sofreu apenas 23 gols, com uma média de 1,44 gols feitos por partida e 0,79 sofrido por jogo.

Veja isso

Conhecendo o adversário #01:Salgueiro

Marcos Tamandaré é o nome mais importante do Salgueiro, que conta com um elenco cheio …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *