domingo , Abril 22 2018
Início / Série B / Conhecendo o Adversário / Conhecendo o adversário #32: Guarani

Conhecendo o adversário #32: Guarani

Comandado por Lisca, o Guarani enfrenta o Ceará buscando se afastar da zona do rebaixamento; Os critérios de desempate salvam, temporariamente, a equipe paulista do Z4

O Guarani visita o Ceará, nesta terça-feira (07), na Arena Castelão, às 20h30 (horário de Fortaleza), a partida será válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B.

Bugre vem de uma derrota, como mandante, diante do América-MG. O resultado deixou o time paulista ainda bem próximo a zona de rebaixamento com os mesmos 39 pontos que o Luverdense, que abre a zona de descenso. O time campineiro está fora da zona de rebaixamento por ter uma vitória a mais que o time de Lucas do Rio Verde.

Jogando fora de casa, o time é o segundo pior visitante da competição. A equipe conquistou apenas 10 dos 39 pontos na competição. São duas vitórias, quatro empates e dez derrotas.

Como joga?

Lisca assumiu o Guarani na 29ª rodada, na derrota por 2 a 0 contra o Náutico em Recife. De lá para cá, conseguiu dar uma outra cara a equipe. Já são cinco jogos à frente da equipe com: uma vitória, dois empates e duas derrotas. Porém, a torcida já vem um time com uma outra forma de atuar.

Para o jogo diante do alvinegro cearense o treinador terá o retorno de Diego Jussani. O zagueiro não enfrentou o América-MG, pois cumpria suspensão automática. A volta de Jussani abre uma disputa na zaga bugrina entre o zagueiro e Willian Rocha.

(Foto: Gabriel Ferrari / GuaraniPress)

O técnico alviverde costuma atuar no 4-2-3-1. O lateral direito Lenon é sempre uma boa opção ofensiva. Baraka faz a contenção da defesa, que conta com Everton Páscoa e Willian Rocha ou Jussani. Os experientes Richarlyson e Fumagalli formam o trio ofensivo ao lado de Bruno Nazário. Caíque é a referência no ataque bugrino.

O time conta ainda com boas opções no elenco: o meia Luiz Fernando e os atacantes Elias e Bruno Mendes são algumas peças que costumam entrar e ter boas atuações pela equipe paulista.

Guarani deve ir a campo com: Leandro Santos; Lenon, Ewerton Páscoa, Willian Rocha (Jussani) e Salomão; Baraka e Betinho; Fumagalli, Bruno Nazário e Richarlyson (Luis Fernando); Caíque

Olho nele

Fernando Fumagalli ainda é a principal peça do Guarani. Mesmo aos 40 anos de idade e sem condições de atuar os 90 minutos das partidas, o meia é o artilheiro da equipe na competição com 5 gols marcados. Um deles contra o próprio Ceará, no empate em 2 a 2 válido pelo “primeiro turno” da competição.

(Foto: Rodrigo Villalba / Memory Press)

O jogador esteve em campo em 22 partidas nesta atual temporada na Série B. A experiência de Fumagalli vem sendo um aliado dos técnicos que comandaram à equipe em 2017. No ano o meia já fez 8 gols em 41 jogos. O último gol de Fumagalli foi no empate por 2 a 2 diante do Boa Esporte, na 24ª rodada da Série B.

Veja isso

Conhecendo o adversário #02: São Paulo

O São Paulo enfrenta o Ceará na Arena Castelão em jogo que deve marcar a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *