terça-feira , dezembro 11 2018
Início / Opinião / Boa Esporte 4×1 Ceará: “Chamuscada”

Boa Esporte 4×1 Ceará: “Chamuscada”

Goleada sofrida contra time mineiro não pode ser tratada como normal pelo Ceará. Marcelo Chamusca errou e o time pagou um alto preço por isso.

Quatro vitórias seguidas, dentro do G4 e embalado na competição. Esse era o cenário do Ceará no jogo do último sábado(19) contra o Boa Esporte. A equipe tinha tudo para sair de Varginha com um bom resultado, mas o que se viu em campo foi um time apático, sem reação e que, em nenhum momento, pareceu lutar por uma vaga para a elite do campeonato brasileiro.

Onde Chamusca errou

O treinador alvinegro, durante a semana de preparação para a partida, treinou algumas variações táticas da equipe. Isso porque ele teria a volta de Pedro Ken ao time, que não atuou na vitória diante do CRB, pois estava suspenso.

Dentre essas variações estava a possibilidade de atuar com Pedro mais à frente, como um meia pela esquerda, auxiliando Romário na marcação e encostando no ataque. E foi assim que Chamusca escolheu. A lesão de Lelê às vésperas da partida ajudou a tirar a dúvida da cabeça do comandante alvinegro.

Pedro Ken tem atuado melhor como segundo volante do que como meia.

Pedro Ken já havia jogado naquela posição em outras ocasiões, para ser mais preciso, foram sete jogos, com quatro vitórias, um empate e duas derrotas. O time até venceu fora de casa com o volante/meia marcando gol.

Porém, e foi aí onde Chamusca errou, quando Ken jogou mais avançado, como meia, o time tinha outra estrutura tática, atuava com Ricardinho no meio e Roberto e Magno Alves na frente, logo, era um time mais velho e com menos mobilidade.

O treinador apostou na velha fórmula, mas agora o cenário é diferente. Lima, Cafu e Elton substituem, Ricardinho, Roberto e Magno, respectivamente.

Antes da suspensão, Pedro Ken fez 3 ótimos jogos como segundo volante, nas vitórias diante de Paysandu, Criciúma e ABC  ele foi um dos destaques da equipe.

E agora?

Na próxima sexta-feira(25) o Ceará volta a campo contra o Náutico, vice lanterna, mas que venceu três dos últimos quatro jogos, e deve endurecer o jogo contra o alvinegro. Que Marcelo não ‘chamusque’ outra vez, pois um resultado negativo contra os pernambucanos acenderá o sinal de alerta pelos lados de Porangabussu.

Veja isso

Heróis da permanência #05 – Arthur, o rei de uma torcida

A função de centroavante é, de longe, a mais importante em um time de futebol. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *