segunda-feira , dezembro 17 2018
Início / Cearense / Ceará vence mais uma vez o Ferroviário e conquista o título estadual de 2017
(Foto: Christian Alekson/CearaSC.com)

Ceará vence mais uma vez o Ferroviário e conquista o título estadual de 2017

Após vencer o primeiro jogo e necessitando de uma vitória para garantir o título, o alvinegro foi ao ataque e venceu a partida por 2 a 0, conquistando seu 44º título estadual.

Nesta quarta-feira (03), o Ceará entrou em campo contra o Ferroviário em busca de mais um título estadual. O vovô precisava vencer para evitar o terceiro jogo.

Sabendo disso, o técnico Givanildo Oliveira colocou em campo a mesma forma equipe que venceu o jogo de domingo e dominou desde os primeiros minutos da primeira etapa.

Primeiro Tempo

Logo no início do jogo o alvinegro criou chances de gol. Aos sete minutos, Cametá recebeu de Magno Alves  na entrada da pequena área, bateu cruzado e a bola passou raspando o gol de Mauro.

O vozão estava disposto a marcar ainda na primeira etapa. Jogando bem e dominando assim como na primeira partida, o time trocava passes na entrada da área do Ferroviário, que apenas marcava. Em jogada pela direita, Victor Rangel recebeu de frente para o arqueiro coral, tentou driblei e caiu, mas o árbitro César Magalhães deu cartão amarelo por simulação para o atleta alvinegro.

Aos 21, agora em jogada pela esquerda entre Romário Lelê, o lateral cruzou para o meio onde estava o “Magnata”, que acabou furando.

O comandado por Givanildo seguia mandando no jogo e somente aos 26′, com um chute de fora da área, Jonathas obrigou o goleiro Éverson  a trabalhar pela primeira vez na noite.

Apesar do susto, o gol do vozão parecia próximo. E ele veio aos 40 minutos. Magno Alves recebeu de Raul, bateu colocado e a bola foi na trave, mas no rebote, Wallace Pernambucano completou para as redes abrindo o placar.

O primeiro tempo se encerrou com o Ceará melhor em campo e vencendo a partida com méritos.

Wallace comemora o primeiro gol da noite. Foto: (Mateus Dantas / O POVO)

Segundo Tempo

Na segunda etapa, o alvinegro voltou ainda mais ligado na marcação, sabendo que o adversário precisaria atacá-lo. entretanto, continuou dominando o jogo.

Em uma noite de pouco brilho, Magno Alves recebeu algumas oportunidades, mas acabou esbarrando no goleiro Mauro, que fazia ótima partida.

A partir dos 10 minutos do segundo tempo o “Ferrão” partiu para o ataque e equilibrou o jogo. No entanto, a defesa alvinegra estava impenetrável e segurou os avanços da equipe coral.

O Ceará queria mais. Aos 26, o técnico Givanildo Oliveira mexeu na equipe. Tirou Victor Rangel e colocou Alex Amado, para dar mais movimentação pelo lado direito.

Aos 31, mais uma alteração. Saiu o autor do gol, Wallace Pernambucano e entrou Pedro Ken. Com as alterações, o vovô voltou a dominar o jogo.

E não demorou muito para levar perigo ao gol adversário. Aos 34, Pedro Ken que acabara de entrar em campo, recebeu belo lançamento de Lelê, driblou o goleiro e finalizou. A bola caprichosamente bateu na trave e não entrou.

O final do jogo ia se encaminhando, mas faltava a “cereja do bolo”.

Havia um jogador em campo, que foi destaque em todo campeonato e tinha um desejo imenso de marcar pela primeira vez na carreira. Raul, o garoto da Cidade Vozão, sem dúvidas o melhor em campo pelo vovô.

Foto: (JL Rosa )

E o futebol fez questão de mostrar, mais uma vez, porque é tão apaixonante. Após jogada pela esquerda, Pedro Ken rolou para o “garoto da base”, que engatilhou o chute e bateu rasteiro, no canto direito do Mauro. Primeiro gol da carreira de Raul, gol do título de Campeão Cearense 2017.

Parabéns, Ceará Sporting Club, pelo seu 44º título estadual.

Ceará Campeão Cearense 2017.

Ficha Técnica – Ceará x Ferroviário:

Ceará  Éverson; Tiago Cametá, Rafael Pereira, Luiz Otávio e Romário; Raul, Richardson e Wallace Pernambucano (Pedro Ken); Victor Rangel(Alex Amado), Lelê(Rafael Carioca) e Magno Alves . Técnico: Givanildo Oliveira

Ferroviário – Mauro; Gustavo(Batata), Tony Belém, Túlio e Jeanderson; Gláuber, Jonathas e Mimi(Máxuell); Vitinho, Valdeci(Leandro) e Assisinho. Técnico: Vladimir de Jesus

Local – Arena Castelão

Gols – Wallace Pernambucano(40′ do primeiro tempo) e Raul (39″ do segundo tempo)

Público e Renda

Público pagante: 26.157
Não pagante: 1105
Renda: R$ 457.103,00
Total: 27.262

Veja isso

Heróis da permanência #06 – Luiz Otávio, a eficiência necessária

Sem ter vida fácil em nenhum jogo, o zagueiro mostrou a importância de ser eficiente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *